sexta-feira, 5 de junho de 2009

Aero Clube de Manguinhos


O Aeródromo de Manguinhos era o novo campo de aviação do Aeroclube do Brasil, que foi fundado em 1911. 

Depois do campo de pouso ficar anos nos terrenos onde hoje está o Campo dos Afonsos (uma das bases da Força Aérea), o Aeroclube necessitou de um novo lugar para seu Campo de Aviação do Aeroclube. Então na década de 30 foi autorizada pela esfera municipal e federal a utilização de parte do terreno de Manguinhos. O Instituto Oswaldo Cruz (atual FIOCRUZ) permitiu que fosse destruída uma pequena elevação que havia em seu terreno para a construção do Aeródromo. 

A inauguração do Aeródromo foi uma festividade repleta de autoridades civis e militares e a presença de Getulio Vargas era obrigatória, já que ele era entusiasta do local. 

O Aeródromo de Manguinhos foi com o passar dos anos o principal Centro de Aperfeiçoamento de Instrutores. Havia também, paralelamente, Escola de Piloto de Recreio e Desporto, Lá foi realizado o primeiro Campeonato Brasileiro de Acrobacia. E todos os anos, durante a Semana da Asa eram realizadas concorridas provas aerodesportivas, com a participação de dezenas de Pilotos. 

Na década de 40 vários departamentos forma criados lá, como o de pára-quedismo e o de aeromodelismo. Em 1949, o Departamento de Aeromodelismo foi transformado na Associação Carioca de Aeromodelismo (ACA) e construídas duas pistas circulares à margem da Avenida Brasil, além de instalações para sua Sede de Campo. 

Aeródromo de Manguinhos foi interditado em 1961 sob a alegação de interferência com o tráfego aéreo do Aeroporto Internacional do Galeão e do Aeroporto Santos Dumont.

Um comentário:

  1. Interessante essa história do Aeroporto de Manguinhos. Eu soube que as empresas de manutenção aí sediadas ainda operavam e que as aeronaves podiam decolar e pousar com autorização especia, até pelo menos 1972.

    ResponderExcluir